Artista entra numa banheira cheia de ESTILHAÇOS DE VIDRO e depois tenta sair

Até que ponto algo tão masoquista e quase suicida pode ser considerado arte?

O artista Yann Marussic “mergulhou-se”, todo nu, numa banheira cheia de cacos de vidro e depois tentou sair. Não há dúvida de que é uma performance, e pode até revestir-se de significado, mas custa-nos um pouco classificar isto como arte.


Sobre o Autor

ELEgante

O homem urbano e cosmopolita, moderno e com bom gosto. Sabe o que quer, vive como gosta.